Em algum momento você já ouviu falar sobre o Programa de Trainee. E se você está aqui, provavelmente você está pensando em contratar um trainee para a sua empresa por acreditar que mentes brilhantes podem fazer aquela diferença em seus resultados. Tendo isso em vista, separamos neste artigo tudo o que você precisa saber sobre o Programa de Trainee. Confira a seguir.

O que é o Programa de Trainee

o que é Programa de Trainee

O programa investe em recém-formados com o intuito de ensinar a gerenciar uma empresa.

Em outras palavras, o Programa de Trainee tem o objetivo principal de recrutar, treinar e desenvolver mentes pensantes e brilhantes aptos a gerenciar e assumir posições altas e estratégicas dentro de uma empresa no futuro.

A empresa vai em busca de profissionais entre 21 e 30 anos e dentre os requisitos básicos e mais comuns para a candidatura estão:

  • Estar no último ano ou ter, no máximo, dois anos de formação em bacharelado com quatro ou cinco anos de duração;
  • Domínio de uma ou mais de uma língua estrangeira, geralmente a língua inglesa;
  • Cursos de capacitação e competências que descreveremos com mais detalhes logo mais.

O trainee é uma aposta certa para a empresa, e aqueles que se destacarem ao final de um período médio de dois anos poderão ter a chance de serem efetivados em um cargo de liderança da empresa.

Mas o que a regulamentação diz sobre o programa? Continue lendo para descobrir.

O que a regulamentação diz sobre o programa

Primeiramente, o Programa de Trainee é regulamentado pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Ou seja, na contratação de um profissional há a existência de um contrato de trabalho com vínculo empregatício e mediante pagamento de um salário, que geralmente é de, em média, R$5 mil. Mas pode variar entre R$2 mil e R$7 mil em empresas de grandes portes e em programas corporativos.

Este contrato pode ser firmado por tempo indeterminado ou determinado, sendo que em média o contrato varia de seis meses a dois anos. E a depender da estratégia e o propósito da empresa, pode levar até quatro anos.

Sobre a carga horária, registro em carteira, seguro, direitos a férias e 13º salário, vale transporte e outros benefícios, rescisão e direitos previdenciários: segue a mesma regra para os outros colaboradores da empresa, estando de acordo com a CLT.

Conheça as etapas comuns de um processo seletivo para o Programa de Trainee

Em sua grande maioria, o prazo médio de duração do processo seletivo é de dois a quatro meses, com etapas bem estruturadas.

Afinal, o contratante espera que esse profissional irá suprir suas expectativas quanto a entrega de um trabalho de qualidade, além da expectativa em poder conduzir de maneira eficaz um projeto de grande valia para a sua empresa.

Portanto, confira a seguir as etapas comuns de um processo seletivo para o Programa de Trainee:

processo seletivo

1 – Inscrição

Geralmente é realizada online a fim de fazer uma avaliação geral e inicial do perfil do candidato.

São solicitadas informações como: currículo, cursos de capacitação realizados, se possui alguma vivência no exterior, nível de fluência em língua estrangeira, entre outras.

O período de inscrição pode ser usado como um filtro inicial para a empresa verificar se o candidato realmente possui todos os pré-requisitos para concorrer a vaga.

2 – Avaliação online

As avaliações online possuem o objetivo de testar o candidato quanto aos seus conhecimentos gerais, tais como: atualidades, raciocínio lógico, língua portuguesa, podem incluir testes voltados para áreas de atuação específicas a depender da formação do candidato, além de testes de língua estrangeira, entre outros.

O intuito dessa etapa é testar a velocidade de raciocínio do candidato. E também é uma forma de seleção dos que tiveram um resultado mais desejado de acordo com as expectativas e exigências do cargo.

3 – Apresentação pessoal

A apresentação pode ser por meio de vídeo gravado e enviado pelo candidato ou ao vivo através de vídeo conferência.

Algumas empresas optam pelo vídeo gravado pelo candidato para conhecê-lo e também para testar sua capacidade de falar sobre si mesmo ou sobre um determinado produto.

Trata-se também de avaliar se o perfil do candidato é criativo.

4 – Dinâmica de grupo

Esta etapa pode ser presencial ou online. Mas, independente de como é realizada, a dinâmica de grupo tem o objetivo de avaliar se o candidato possui as seguintes características:

  • Iniciativa;
  • Criatividade;
  • Foco e capacidade de resolução de conflitos;
  • Relacionamento interpessoal;
  • Conhecimento em determinada área;
  • Determinação;
  • Entre outras.

Com toda a certeza, essa é uma das etapas mais importantes do processo seletivo.

5 – Prova oral de inglês

Neste momento, aquele resultado que o candidato apresentou na prova online será testado na prova oral de inglês, ou de outro idioma a depender da empresa.

6 – Painel de negócios

Em resumo, é a primeira etapa em que o candidato será observado diretamente pelos gestores da empresa.

Além disso, é uma das fases mais decisivas do processo seletivo para o programa de Trainee, pois o candidato irá mostrar quais são as suas qualidades e competências ao participar de simulação de casos reais. Ou seja, terá que se destacar ao resolver um estudo de caso que pode ser individual ou em grupo.

Seu objetivo principal é avaliar o que aquele candidato tem a contribuir para a empresa, avaliando também de que forma o candidato estruturou a sua linha de raciocínio.

Depois dessa etapa, somente os candidatos com o perfil desejado pela empresa passarão para a próxima etapa, sendo a etapa final e decisiva.

7 – Entrevista final com os gestores

Nesta etapa final será avaliado e destacado o conhecimento e a consciência que o candidato tem sobre a empresa em questão, sobre a situação atual do mercado, e as suas atribuições dentro da empresa.

O candidato, ou os candidatos aprovados enfim serão designados às áreas que optaram no começo do processo seletivo ou para aqueles departamentos ao qual se destacou mais.

Aspectos que você precisa saber sobre a contratação de Trainee

Se você está pensando em contratar um Trainee para a sua organização, os quatro aspectos importantes que listamos para você abaixo irão te ajudar a decidir e a se organizar dentro da sua empresa para que o profissional adequado seja escolhido dentro de suas expectativas e dentro da estratégia que você pretende usar. Portanto, continue lendo.

tudo sobre trainee

1 – A estrutura do programa objetiva o desenvolvimento

O primeiro ponto e o mais importante para uma empresa é que o programa objetiva o desenvolvimento do profissional.

Ou seja, dentro de uma organização o profissional irá passar por vários setores ao longo do programa. E com isso ele passa por treinamento em diversas áreas, conhecendo a sua empresa de maneira integral, desenvolvendo uma visão sistêmica. E, além disso, perceberá o funcionamento geral da organização para que possa, no futuro, ocupar um cargo de liderança.

Afinal, esse profissional estará apto a pensar e a tomar decisões baseadas na realidade da organização como um todo, e não só baseada na realidade de um setor específico.

Tendo isso em vista, é preciso entender e buscar as competências e as características necessárias em um profissional. E esse é o segundo aspecto, confira abaixo.

2 – Procure por características e competências adequadas para o cargo

Em suma, elas podem variar muito de empresa para empresa, e a depender do objetivo e da estratégia utilizada pelo contratante.

Dentre as características e competências principais e desejadas podemos listar:

  • Proatividade e atitude de dono/líder;
  • Comunicação e postura assertiva;
  • Facilidade para trabalhar em equipe;
  • Flexibilidade;
  • Adaptabilidade;
  • Capacidade e agilidade em resolver problemas;
  • Resiliência;
  • Empreendedorismo;
  • Criatividade;
  • Visão estratégica;
  • Entre outros.

Muitas das competências também irão depender das áreas existentes dentro da empresa e que ele poderá aprender e se desenvolver. Em seguida, confira as principais atribuições e responsabilidades de um trainee.

3 – Atribuições e responsabilidades

Como dito no primeiro aspecto, o trainee é devidamente treinado em todos os setores de forma gerencial. Com isso, ele terá atribuições em diversas áreas de conhecimento dentro da empresa como, por exemplo:

  • Setor de vendas com a elaboração de estratégias;
  • Departamento jurídico com elaboração de contratos interno;
  • Departamento de marketing atuando com pesquisa de mercado;
  • Gestão de pessoas com formulação de treinamentos;
  • Setor financeiro auxiliando na implementação de planos de redução de custos;
  • Entre outros.

4 – Uma boa aposta para uma empresa em expansão

Por fim, se a sua empresa é nova ou está em processo de crescimento e desenvolvimento, é uma boa aposta ter a sua disposição profissionais capacitados e aptos a liderar novos departamentos ou estar a frente de novos projetos ou produtos que ainda serão implementados.

Afinal, você terá a chance de treinar um profissional sem vícios de mercado, disposto a aprender e a trazer resultados.

Seleção às cegas para Trainee

O avanço da tecnologia tem proporcionado às empresas uma otimização em seus processos seletivos. Além disso, tem favorecido e trazido cada vez mais recursos para encontrar o candidato ideal para uma empresa.

seleção às cegas

Dessa forma, surgiu o recrutamento às cegas. Uma técnica de recrutamento cujo objetivo principal é focar e priorizar as competências comportamentais e técnicas dos candidatos, evitando assim a discriminação e a escolha baseada em aspectos do inconsciente do recrutador.

Em conclusão, a seleção às cegas pode ser uma boa aposta para escolher o candidato ideal que irá compor o seu time de colaboradores e fazer a diferença na empresa.

Quer entender um pouco mais sobre seleção às cegas para o programa de trainee? Clique aqui.

Por fim, o que você achou desse artigo? Deixe nos comentários e compartilhe com outras empresas interessadas no Programa de Trainee.

Aproveite para seguir a Empregare no Instagram e até a próxima!