A chamada transformação digital é um fenômeno que tem mudado drasticamente o mercado e a vida das pessoas de forma geral. É um caminho irreversível, que deve se intensificar ainda mais nos próximos anos. Dessa forma, as empresas precisam estar amparadas com tecnologias digitais e novas abordagens para levar seus negócios a outro patamar. Afinal, todos os setores da empresa já passam por mudanças significativas, e com o RH não seria diferente.

Diferencia-se no mercado quem adota um novo mindset. Isto é, que vê a transformação digital não como um custo ou problema, mas como um período repleto de oportunidades.

Neste artigo, vamos apresentar como a transformação digital tem mudado as empresas e seus setores, a forma de produzir e o modo de selecionar e contratar pessoas. Bem como quais as etapas deste fenômeno que ainda está por vir.

O que é a transformação digital?

O termo indica um fenômeno que vem ocorrendo em todo o mundo há alguns anos. Pelo menos nas duas últimas décadas, o mundo todo passou por grandes avanços tecnológicos. Isto é, com a popularização da internet, da globalização, dos meios de comunicação e das novas tecnologias.

Seja na vida privada ou no meio de produção, os recursos tecnológicos fazem toda a diferença na rotina de pessoas e empresas.

A forma como as pessoas se comportam mudou, bem como seus hábitos de consumo. Nesse sentido, o modo como as empresas produzem jamais será o mesmo. Uma vez que dependem cada vez mais de processos ágeis e de recursos digitais para serem mais competitivas e dinâmicas.

Isso desencadeou um processo chamado de transformação digital, onde a relação com as tecnologias digitais é cada vez mais dependente.

transformação digital

Um novo paradigma de gestão

A transformação digital, além de uma infinidade de recursos tecnológicos, trouxe um novo paradigma de gestão. Isto é, mais integrada e que deve ser preparada para lidar com um grande fluxo de informações.

Os novos paradigmas de administração também implicam em atitudes mais humanizadas em relação à gestão de pessoas, com preocupação com a capacitação, liderança multifocal, aprendizagem corporativa e outros conceitos que visam buscar inovações e diferenciais no cerne na organização. Esta mentalidade perpassa por todos os seus setores, inclusive pelo RH.

Além de processos cada vez mais automatizados e digitalizados, é preciso ter equipes preparadas e muito capacitadas, para que a empresa consiga desenvolver diferenciais de mercado exclusivos, para se tornarem cada vez mais competitivas.

E este é o caminho certo, já que nos próximos anos o mercado será mais acirrado e restarão dele os negócios de alta performance, que investiram em metodologias assertivas de gestão e em tecnologia digital.

A transformação digital tem muito a oferecer para o desenvolvimento dos negócios e da sociedade de maneira geral, e é um caminho sem volta:

  • Máquinas autônomas e que promovem a automação de processos.
  • Softwares em todos os setores, que agilizam a rotina e o atendimento a diferentes públicos.
  • Meios de comunicação que aproximam a empresa do mercado.
  • Computação na nuvem e inteligência artificial para a identificação e aproveitamento de oportunidades, entre outras mudanças significativas.

E quanto mais tecnologias digitais empregadas, maior o fluxo de informações sobre as pessoas, produtos e processos, e maior deve ser o cuidado com a segurança de informação.

Quais são as próximas etapas para as empresas?

Se a sua empresa ainda não refletiu sobre quais mudanças e investimentos devem ser realizados para manter-se sustentável em um contexto tão acirrado, a dica é colocar isso como uma prioridade no seu planejamento estratégico.

Especialistas acreditam que nos próximos 10 anos, a dependência aos recursos digitais e o seu uso como forma de diferenciação, será ainda mais intensa.

Criar um planejamento assertivo de implantação em todos os setores da empresa, inclusive o RH, é o primeiro passo para garantir que a sua empresa tenha condições de se tornar mais preparada para este novo período.

E ainda, vale ressaltar que a transformação digital é um período de transição, e esta é a hora de tomar atitudes assertivas em relação ao futuro do seu negócio.

Como a transformação digital impacta o RH?

O RH é um dos setores das empresas que mais passou por mudanças oriundas da adoção de novas tecnologias digitais nos últimos anos.

Do processo seletivo e primeiros contatos com os candidatos, até a toda a gestão de pessoas contratadas. Os recursos digitais permitem administrar estes processos com precisão e menores riscos. Dessa forma, agregando mais assertividade na aquisição de talentos e integração de informações, o que é essencial na tomada de decisão e transparência com órgãos públicos e trabalhadores.

Há 10 ou 20 anos, o RH tinha uma função muito mais burocrática e operacional. E seus processos (anúncio de vaga, folha de pagamento, registro de hora, etc.) eram quase integralmente manuais.

As relações entre empresa, assessoria contábil e órgãos públicos eram ineficazes, caras e desintegradas, ocasionando erros e, muitas vezes, custos judiciais.

Hoje, o RH conta com recursos digitais com informações em tempo real, mais ágeis e capazes, e com inteligência artificial aplicada aos processos. O caráter operacional ficou em segundo plano, apesar de muito importante para a empresa.

Nesse sentido, o RH atualmente tem um aspecto responsivo e estratégico, essencial ao desenvolvimento do negócio. É uma área estratégica, que ajuda a planejar e desenvolver a cultura organizacional e visão do negócio. Bem como desenvolver o capital humano e a geração de diferenciais de mercado.

O segmento de Recrutamento e Seleção, por exemplo, ganhou uma interface digital complexa e ágil com os softwares de gestão de pessoas. Todas as atividades de Recrutamento e Seleção foram beneficiadas com ferramentas e novas tecnologias. Dessa forma, ampliando as suas possibilidades.

Quais as ações necessárias para investir em tecnologia no setor de Recursos Humanos?

O primeiro passo é rever quais são os recursos utilizados pela empresa. Bem como, quais são as necessidades de aquisições de recursos para o setor de RH.

Mapear necessidades é uma etapa muito importante para a empresa que passa pela transformação digital, que exige planejamento.

Além disso, conhecer os recursos especializados que há no mercado é uma atitude essencial para quem deseja o melhor custo-benefício. Afinal, há muitas opções, mas nem todas agregam diferentes rotinas e benefícios em uma só ferramenta.

Rever o posicionamento estratégico do RH e desenvolver a sua equipe com foco na alta performance é outra demanda importante para que o RH de fato traga retornos aos investimentos.

Confira a seguir algumas dicas que podem ser prioridade do gestor.

RH operacional ainda mais ágil

Primeiramente, o RH operacional ainda é uma necessidade da sua empresa. Logo, invista em integração eficiente com o uso de softwares especializados e ágeis.

A folha de pagamento, por exemplo, é uma função que atualmente pode fornecer dados em tempo real de forma automatizada e com segurança de dados. Muito diferente do que ocorria há alguns anos.

Uso de tecnologias de alta performance

Outras rotinas mais estratégicas de RH podem ter alta performance com a escolha de sistemas inteligentes.

É o caso da plataforma Empregare, que integra várias funções para os melhores resultados no Recrutamento e Seleção como atrair, organizar, agilizar e medir as suas contratações.

Conheça todas as vantagens do Empregare neste link.

A solução Empregare pode resultar em 80% menos tempo na efetivação do processo seletivo. E ainda, possui todos os principais recursos necessários para a seleção de excelência e segurança de dados e de informação, inclusive sistema anti-hacking.

Employer Branding

A marca empregadora é uma preocupação da empresa que deseja atrair os talentos certos e elevar os seus resultados.

Além disso, é também um recurso que se intensificou com os meios digitais e que deve estar presente em todos os momentos do RH e da rotina da empresa.

O employer branding também é contemplado pelo sistema Empregare.

Diversidade de recursos integrados

Escolher um software que integra diferentes opções de recursos, como é o caso do Empregare, amplia ainda mais a probabilidade de captação de talentos que estejam de acordo com o perfil desejado. Também amplia e melhora a comunicação com estes candidatos.

Alguns recursos são diferenciais da ferramenta, veja quais são:

  • feedback (SMS em massa, vídeo-apresentação, etc.);
  • divulgação de vagas em diferentes plataformas e redes sociais;
  • Seleção por Competência
  • Um dos melhores testes de perfil comportamental
  • seleção às cegas;
  • Requisição de Vagas
  • Inteligência Artificial para apresentar o melhor candidato
  • chat, entre outros.

Mensuração dos resultados de RH

Em conclusão, todas as suas rotinas devem perpassar por análise de métricas e indicadores. Assim, os dados podem possibilitar maiores rendimentos, os menores custos e mais agilidade.

O RH tem as suas métricas próprias que podem ser amplamente otimizadas através das ferramentas digitais.

É o caso do cálculo das taxas de rotatividade e produtividade, por exemplo, cujos dados e informações essenciais podem ser aplicados na tomada de decisão do gestor.

O que você achou das novidades sobre a transformação digital? Deixe um comentário a seguir! Compartilhe estas informações nas suas redes sociais! Siga a Empregare no Instagram!

Aproveite também para acompanhar conteúdos incríveis em nosso no YouTube.

Por fim, o que você acha de dar um próximo passo e melhorar as suas contratações?    

A EMPREGARE.com oferece a melhor tecnologia do mercado em se tratando de software de Recrutamento e Seleção.    

O sistema é fácil, intuitivo e pensado exclusivamente para otimizar e agilizar os seus processos e sua rotina na empresa.

Clique aqui e agende uma demonstração com nossos especialistas!